Pular para o conteúdo

Como estudar para uma prova dissertativa

30/04/2012

Quando disse que iria fazer uma prova para meus alunos de pedagogia eles se assustaram. Afirmaram que aquilo era pedagogia tradicional, que uma prova não era capaz de avaliar nada, apenas umas frases memorizadas do material de estudo.

Afirmei que tudo dependia da forma como as questões fossem elaboradas. Logo pediram que as questões fossem de marcar, as chamadas questões objetivas. Na realidade fiz uma prova com questões subjetivas e objetivas e eles se saíram melhor nas questões subjetivas.

Abaixo, algumas dicas sobre provas dissertativas do site universia.

1. Veja a prova como uma oportunidade

Não comece os estudos odiando o seu professor, isso não vai ajudá-lo em nada. Ao invés disso, pense de maneira positiva: com uma prova de múltipla escolha você só tem a chance de acertar ou errar, enquanto uma prova dissertativa dá a você a chance de mostrar ao professor tudo aquilo que você aprendeu durante as aulas. A única coisa que ele espera de você é que essas informações sejam oferecidas de uma maneira linear e organizada.

Essa questão da linearidade prefiro dizer: “conte uma história”, não corte ou pule as partes.

 

 2. Revise os títulos dos capítulos

Use os títulos dos capítulos como palavras-chave para guiar seus estudos e suas respostas durante o teste. Olhe para cada título relevante e tente relacioná-los a pequenas ideias, cadeias de eventos e termos importantes que foram citados durante a aula.

 

3. Procure palavras-chave do professor

Enquanto estiver fazendo anotações durante a aula, fique atento às palavras que seu professor usa durante a explicação. Por exemplo, se ele comentar “e novamente nós vemos que…” ou “outro evento parecido com esse foi…” marque essas informações. Qualquer coisa que indique padrões ou eventos repetidos pode ser considerada uma chave na hora de estudar. E tem grandes chances de cair na prova.

Tenho vários alunos que não fazem anotações durante as aulas. Tomar notas é uma forma de manter a concentração e de perceber os pontos mais importantes considerados por um expositor ou professor.

 

 4. Dedique-se a um tema por dia

Toda vez que você pegar o conteúdo para revisar – incluindo livros,  gravações e suas próprias anotações, procure por um tema específico e dedique-se exclusivamente a ele. Isso vai ajudar a fixar melhor as questões discutidas.

 

 

5. Pratique suas próprias questões dissertativas

Depois de estudar, crie suas próprias questões dissertativas e tente respondê-las. Confira se o vocabulário usado nas suas respostas aparece nas suas anotações e leituras indicadas pelo professor, sublinhe aqueles que considerar mais importantes e volte aos conteúdos oferecidos em aula para confirmar sua relevância

From → Educação

Um Comentário
  1. jessica_o_lopes@hotmail.com Link Permanente

    Descobri aqui no seu blog as colas para suas provas….rsrsrs..Muito bom o texto professor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 26 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: