Skip to content

ETESP: uma escola pública que dá certo

15/09/2011

Quando morei em São Paulo e quando estive em alguns municípios do interior do Estado,  visitei algumas das Escolas Técnicas criadas pelo Governo  de São Paulo. Espaços amplos, vivos, em que jovens estavam se empenhando na sua educação e na sua formação profissional. Acho que esta é uma política que vale a pena.

Fiquei feliz ao constatar os bons resultados das ETECs, em especial, a ETESP, no ENEM. A reportagem a seguir retrata isso. Grifei nos depoimentos as partes que considero diferenciadas no contexto de uma nova escola.

Fico pensando sobre que fim levaram as Escolas de Trabalho e Produção do primeiro governo de Simão Jatene, atual Governador do Estado do Pará?

A reportagem é de Suellen Smosinski, publicada na Folha de 12/09/2011.

 “Por ser uma escola pública de bons resultados, a Etec São Paulo torna-se objeto de desejo de muitos jovens. Observamos um melhor desempenho dos alunos, por que eles escolheram a escola em que queriam estudar e foram selecionados para isso”, afirmou o coordenador do ensino médio e técnico do Centro Paula Souza, Almério Melquíades de Araújo. A Etec São Paulo obteve a melhor colocação entre as públicas do Estado no Enem 2010, com 706,66 pontos de média geral, e ficou com a 43ª posição no ranking nacional.

 

 

 

 

 

 

 

A Etec São Paulo seleciona seus alunos por meio de um vestibulinho aplicado pelo Centro Paula Souza. São oferecidas 200 vagas para o ensino médio. Na última seleção, foram recebidas 1.506 inscrições – uma relação de 7,53 candidatos para cada vaga. “Termina sendo um privilégio estudar aqui, você acaba fazendo uma seleção meritória dos alunos com o vestibulinho”, disse Araújo.

 

REDE Pública
MÉDIA TOTAL 706,66
POSIÇÃO NO RANKING GERAL 43ª
TAXA DE PARTICIPAÇÃO 84,4

O destaque na avaliação não impressionou tanto o coordenador. Segundo ele, “a escola apresenta um desempenho muito acima da média desde que o Enem vem sendo publicado, com grande destaque no Estado e no Brasil”. Araújo acredita que os resultados mostram que as escolas que trabalham com ensino técnico tendem a ter um desempenho melhor do que as que só têm ensino regular. Isso porque os alunos são mais focados e conseguem assimilar os conceitos teóricos com a prática desenvolvida nas aulas do ensino técnico – o coordenador estima que 40% dos alunos da instituição cursam as duas modalidades de ensino.

Outro ponto destacado por Araújo é a competição. “Escolas que estão em centros mais competitivos, como São Paulo, tendem a ter um desempenho maior. O foco dos nossos alunos é entrar na USP. Quando ele tem esse sonho de continuar a formação superior em uma universidade pública, o desempenho e a dedicação aumentam. Nosso aluno sabe que o bom resultado no Enem é um sinal de que ele pode sonhar com uma boa universidade pública”, disse.

Na avaliação de Araújo, os professores da escola contribuem muito para os bons resultados: “Temos um corpo docente com grande nível de envolvimento e um projeto pedagógico eficiente. Eles conseguem construir um trabalho com grande envolvimento dos alunos, principalmente por meio de atividades interdisciplinares. É um corpo docente que faz com o aluno interaja com seu entorno, formando uma escola muito critica e dinâmica”.

Os projetos interdisciplinares fazem com que muitos professores tenham uma jornada mais ampla, permanecendo mais tempo na escola. De acordo com Araújo, cerca de 20% dos docentes também participam de projetos de coordenação e todos são estimulados a realizarem cursos de aperfeiçoamento.

“Um professor que está dentro de uma escola técnica tem uma relação diferente com os alunos. Temos menos problemas de disciplina e dispersão. O aluno veio para essa escola porque ele quer estudar, não porque é a mais perto de casa. Ele tem um objetivo de estudar e o professor está lá para ajudar”, afirmou o coordenador.

Anúncios

From → Educação

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: